Identidade

De tanto

E tão frequentemente

Metamorfosear

Poderá alguém ainda

Me aceitar?

 
 

Poderá alguém ainda me amar

Não pelo que fui

Mas pelo que sou

Quando o que sou já deixará de ser?

 
 

Poderá alguém ainda

Me reconhecer

Quando o que sou

Não se sujeita

Ao próprio ser?

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s